Pastorais

Objetivo: Acolher com alegria, informar, orientar, visitar os membros da comunidade, principalmente os migrantes, promovendo a evangelização de todos sem distinção, colaborando na construção de uma sociedade justa, fraterna e solidária, como sinal do fortalecimento do reino de Deus. Acolher bem também é EVANGELIZAR.

Ações Práticas:

  • Dinamizar a acolhida das celebrações;
  • Encaminhar as pessoas para as pastorais, movimentos e serviços;
  • Proporcionar encontros de formação e capacitação para os agentes;
  • Visitar, acolher e conhecer as famílias que chegam, bem como as que estão afastadas da comunidade.
Objetivo: Acolher com alegria, fortalecer a fé, despertar para o compromisso comunitário e eclesial, envolvendo pais e padrinhos na luta pela evangelização e libertação integral do ser humano. A Pastoral do Batismo é primeira etapa da iniciação a vida cristã.

 

Ações Práticas:

  • Intensificar o conhecimento pessoal da fé e as reflexões bíblicas;
  • Preparar pais e padrinhos para o Sacramento do Batismo;
  • Proporcionar a inserção na vida comunitária;
  • Promover o encontro anual de pais e padrinhos;
  • Suscitar novos agentes discípulos e missionários;
  • Visitar pais e padrinhos;

 

Objetivo: Desenvolver um processo permanente de iniciação e formação na fé à luz da Palavra de Deus, proporcionando um encontro pessoal e comunitário com Jesus Cristo, que leve à conversão, ao engajamento na comunidade eclesial e ao compromisso missionário.

 

Etapas da Iniciação a Vida Cristã:

  • Anjinhos;
  • Despertar;
  • Primeira Eucaristia;
  • Crisma;
  • Catequese de Adultos.

 

Ações Práticas:

  • Continuar o processo de formação de catequistas para todas as etapas;
  • Integrar a família e os responsáveis pelos catequizandos na catequese com encontros e visitas;
  • Intesificar a mística catequética (Leitura Orante da Palavra, Reflexões e retiros);
  • Incetivar a missionaridade e a consciência ecológica;
  • Preparar para os Sacramentos da iniciação cristã;
  • Proporcionar aos catequizandos conhecimento das pastorais e movimentos e engajá-los nas suas atividades;
  • Valorizar o catequizando e a sua família.

Objetivo:  Comunicar interna e externamente a comunidade, evangelizando o povo de Deus através dos meios de comunicação social, anunciando os valores humanos e cristãos, oferecendo informação objetiva e eficiente para a formação de uma consciência crítica e cristã.

 

Esta é uma pastoral que está a serviço da ação evangelizadora da Igreja de maneira transversal. Assim, a Pascom não é mais uma Pastoral na Igreja, mas é a Pastoral quem tem por vocação integrar as demais Pastorais e Movimentos, proporcionando uma comunhão entre os serviços dentro da comunidade.

 

Ações Práticas:

  • Assumir com mais empenho o uso dos meios de comunicação na ação evangelizadora;
  • Elaborar e publicar o Informativo Paroquial;
  • Divulgar todos os eventos e festas das comunidades;
  • Gerir o Site e as redes sociais da paróquia;
  • Oferecer cursos de formação para os agentes;
  • Valorizar os amplos recursos da internet e utilizá-los de modo criativo e responsável.

Objetivo: Capacitar crianças e adolescente para servirem a Deus, ajudando o presbítero nas Celebrações Eucarísticas e acima de tudo ser evangelizador através dos serviços no altar do senhor, com dedicação, compromisso e humildade.

 

Público alvo: crianças a partir de 7 anos e jovens.

 

Ações Práticas:

  • Conscientizar para a importância do serviço a Deus nos atos Litúrgicos;
  • Ir ao encontro de outras crianças para evangelizar, convidando-os para o serviço do ministério;
  • Realizar formação para novos coroinhas;
  • Promover encontro de espiritualidade e amadurecimento na fé;
  • Acompanhar os Ministros da Comunhão na visita aos doentes para levar a Eucaristia.

Objetivo: A Pastoral da Criança tem como objetivo o desenvolvimento integral das crianças, fazendo valer as ações básicas de saúde, nutrição, cidadania e educação, despertando nas famílias as culturas da vida e da paz, ampliando os valores cristãos.

 

Público alvo: Acompanhar gestantes e crianças de zero a seis anos.

 

Ações Práticas:

  • Apoiar de forma integral as gestantes e incentivar o aleitamento materno;
  • Acompanhar o crescimento e o desenvolvimento da criança através do peso, cartão de vacina e dos indicadores;
  • Encaminhar as pessoas doentes ao serviço de saúde;
  • Encaminhar as crianças para catequese, quando possível;
  • Orientar as mães para a importância da educação nutricional que previna a obesidade infantil;
  • Incentivar encontro de formação e espiritualidade para líderes e famílias acompanhadas (Celebração da Vida).

Objetivo: despertar e incentivar a comunidade a prática do ato de amor, gratidão e partilha para com Deus e os irmãos, conscientizando da corresponsabilidade de cada um, por tudo o que diz respeito à igreja.

 

Dimensões do Dízimo:

  1. Dimensão Religiosa: Demonstra a relação do cristão com Deus. Assim, expressa, na gratidão, sua fé e sua conversão;
  2. Dimensão Eclesial: É a consciência de ser membro da igreja, pela qual é corresponsável, contribuindo para que a comunidade disponha do necessário para realizar o culto divino e para desenvolver a sua missão, na Paróquia, sustento dos sacerdotes, bispos, seminários e da ação social da igreja.
  3. Dimensão Missionária: O dízimo é uma grande força para criar, sustentar, firmar uma comunidade missionária, tornando-a evangelizadora, contribuindo com despesas do anúncio da Boa notícia fora dos limites da comunidade. Dessa forma, ajuda a outras paróquias, comunidades e obras missionárias.
  4. Dimensão Caritativa: Se manifesta no cuidado com os pobres, por parte da comunidade. Por isso, o dizímo reflete diretamente na ajuda aos mais necessitados.

Ações Práticas:

  • Conscientizar acerca da partilha como ato concreto do amor cristão;
  • Criar conteúdo informativo e motivador (folders, camisetas para as lideranças paroquiais, banners, adesivos e outros) afim de dinamizar e incentivar uma linguagem visual;
  • Dinamizar o dízimo como experiência de fé;
  • Felicitar os paroquianos em datas especiais, como aniversário natalício, aniversário de matrimônio, Dia dos Pais, Dia das Mães, Páscoa, Natal, entre outras datas que fazem a diferença na vida de seus paroquianos.
  • Investir em tecnologia como forma de aprimoramento do dízimo;
  • Organizar o dízimo da Paróquia através de uma equipe que trabalha na conscientização, incentivo e organização das fichas de cadastramento;
  • Promover a formação e espiritualidade dos agentes;
  • Promover visitas solidárias aos dizimistas;

Objetivo: Evangelizar as famílias levando-as ao encontro com Jesus Cristo, de maneira organizada e planejada, educando para o amor e despertando para a vocação, abrangendo a todos, de maneira intensa, tornando-as pessoas e famílias formadoras de opinião, transformadora da sociedade e promotora da vivência comunitária.

 

Ações Práticas:

  • Acolher e evangelizar as famílias em situações de riscos, especiais, conflitivas e irregulares, buscando a inclusão delas na comunidade.
  • Atuar numa ação preventiva de orientação, conscientização e educação para o amor, a fim de garantir aos cristãos batizados, mais consciência e compreensão da família e o sacramento do matrimônio;
  • Envolver as famílias na celebração semanal da Pastoral Familiar;
  • Motivar para o voluntariado nos projetos da comunidade;
  • Promover o “Encontro de Preparação para o Matrimônio”;
  • Promover a evangelização continuada dos relacionamentos, buscando a consolidação do matrimônio e orientando os casados para uma vida de santidade;
  • Promover a Semana Nacional da Família e o Dia do Nascituro.

Objetivo: Conduzir os jovens para o encontro e compromisso com a pessoa e o projeto de Jesus Cristo, desenvolvendo um processo de formação integral, assumindo com eles a opção preferencial pelos pobres, promovendo um trabalho em conjunto para serem protagonistas na evangelização de outros jovens e agentes de transformação na sociedade.

Público Alvo: Jovens de 15 a 29 anos.

 

Ações Práticas:

  • Conhecer e evangelizar o jovem a partir de um olhar de fé, da Palavra de Deus e do Magistério da Igreja;
  • Capacitar jovens para evangelizar outros jovens, conforme as oito linhas de ação da Evangelização da Juventude. (Doc. 85);
  • Despertar para a dimensão vocacional e missionária;
  • Desenvolver propostas para celebrar a Semana da Cidadania (SdC), Semana do Estudante (SdE) e Dia Nacional da Juventude (DNJ);
  • Elaborar e desenvolver o itinerário de Educação na fé;
  • Fazer uso da metodologia: VER-JULGAR-AGIR-REVER-CELEBRAR;
  • Promover encontros espirituais, formativos e de lazer para os jovens;
  • Potencializar forças frente às temáticas referentes à melhoria da vida da juventude.

Objetivo: Promover a dimensão litúrgico-celebrativa, fonte e cume da ação evangelizadora e pastoral da Paróquia, tendo em vista a participação consciente e ativa dos Fiéis, por meio de expressões simbólicas, adaptadas a cultura e à compreensão do povo.

 

Ações Práticas:

  • Conscientizar sobre a necessidade e a importância de uma liturgia organizada;
  • Favorecer uma espiritualidade encarnada na realidade, valorizando as devoções populares;
  • Fornecer e usar recursos tecnológicos para a criatividade litúrgica;
  • Fortalecer o diálogo entre as pastorais e envolve-las na liturgia;
  • Fortalecer as equipes de liturgia;
  • Promover cursos de formação litúrgica;
  • Proporcionar retiros espirituais, formações bíblicas, leitura orante, vígilias, bem como a prática do Ofício Divino das Comunidades;
  • Realizar formação para cantores e tocadores.

Objetivo: Assegurar a dignidade e a valorização integral das pessoas idosas, através da promoção humana e espiritual, respeitando seus direitos, num processo educativo de formação continuada destas, de suas famílias e de suas comunidades, sem distinção, para que as famílias e as comunidades possam conviver respeitosamente com as pessoas idosas, protagonistas de sua auto-realização.

 

Ações Práticas:

  • Acompanhar pessoas idosas no domicilio, de preferência, as mais fragilizadas, levando afeto e a ternura de Deus;
  • Estimular a espiritualidade da pessoa idosa;
  • Identificar líderes comunitários, convidar e sensibilizar para coloborar com o trabalho pastoral;
  • Realizar encontros de capacitação para todos os membros da pastoral, podendo seguir os passos do Guia do líder;
  • Realizar encontro comunitário com os idosos da comunidade;
  • Promover a prática de exercícios físicos e momentos de convivência entre os idosos.

Objetivo: Evangelizar com renovado espírito missionário o mundo de saúde, à luz da opção preferencial pelos pobres e doentes, participando da construção de uma sociedade justa e solidária a serviço da vida.

 

A Igreja realiza essa missão em três dimensões: solidária, comunitária e político institucional.

 

Ações Práticas:

  • Colaborar com a prevenção e a orientação da comunidade nos temas relativos a saúde;
  • Envolver a família na visita e na oração;
  • Mobilizar a sociedade civil na luta pela Saúde e pelo SUS;
  • Visitar e proporcionar assistência, no que for possível, aos doentes em domícilios e hospitais;
  • Participar e desenvolver de eventos relacionados a saúde (Semana da Saúde e outros);
  • Promover “plantão psicológico” e outros atendimentos aos doentes carentes;
  • Realizar a formação básica para os agentes, capacitando para visitas e atendimentos aos doentes;
  • Realizar em sintonia com outras pastorais a promoção de eventos e campanhas em prol da saúde como o “setembro amarelo”, “outubro rosa”, “novembro azul” e “dezembro Vermelho”.