OS SETE SACRAMENTOS

Os sacramentos são sinais eficazes da graça, instituídos por Cristo e confiados à Igreja, por meio dos quais nos é dispensada a vida divina, ou seja, são os meios pelos quais a graça de Deus nos alcança e os sacramentos da nova lei foram instituídos por Cristo e são sete: o Batismo, a Confirmação, a Eucaristia, a Penitência, a Unção dos Enfermos, a Ordem e o Matrimônio.

Batismo

Na Igreja Católica, o batismo representa o primeiro dos sete sacramentos e é considerado um rito de passagem. Ao receber tal benção, a criança inicia a sua fé e sua vida cristã, tornando-se um filho de Deus, um discípulo de Cristo, um membro da Igreja e abrindo seu caminho para a salvação.

Eucaristia

A Eucaristia é a presença real do corpo, sangue, alma e divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo. E aqui precisamos dar uma ênfase especial: o Pão e o Vinho, depois de consagrados pelo sacerdote, se transformam verdadeiramente no próprio corpo e sangue de Cristo.

Confirmação ou Crisma

É um sacramento da Igreja Católica em que o fiel recebe, através da ação do bispo, uma unção com o Crisma (óleo de oliveira). Trata-se de um rito em que o ministro sagrado impõe as mãos sobre os crismandos, invocando o Espírito Santo, e os unge com óleo de oliveira. “A Crisma é um sacramento que nos dá o Espírito Santo, imprime na nossa alma o caráter de soldados de Cristo, e nos faz ser perfeitos cristãos.”[2] Ao serem batizados os crismandos assumem sua fé de livre vontade e se responsabilizam por ela. Ao receber o sacramento da confirmação, o fiel afirma por conta própria que é membro da fé católica..

Penitência

sacramento da penitência ou sacramento do perdão é um sacramento que envolve o perdão de pecados perante um padre ou bispo, que neste momento atua em nome de Cristo, e o recebimento do perdão divino das faltas confessadas e de uma penitência.

Unção dos Enfermos

O sacramento da unção dos enfermos é uma graça que o Senhor nos concede por meio da Igreja. Para nós, católicos, a oração de cura e a unção têm muito valor. Como lemos na Carta de São Tiago, quando alguém está doente deve recorrer à oração, ao Céu e, claro, aos médicos e tratamentos, como nos recomenda a Igreja, pois também esses são dons do Senhor para a cura. Além disso, a unção pode ser ministrada para todos os doentes em perigo de morte e, também, para aqueles que farão uma cirurgia delicada.

Matrimônio

Na Igreja Católica, o casamento é considerado “o pacto matrimonial, com o objetivo pelo qual um homem e uma mulher constituem entre si uma íntima comunidade de vida e de amor, fundada e dotada de suas leis próprias pelo Criador. Pela sua natureza, é ordenado ao bem dos cônjuges, como também à geração e educação dos filhos. Entre batizados, foi elevado, por Cristo Senhor, à dignidade de sacramento.”

Ordem

O Sacramento da Ordem confere a missão de propagar a palavra de Deus, exercendo funções e ministérios eclesiásticos. Se refere ao culto de Deus e a salvação das almas, que são concedidos para quem recebe o caráter de ministro de Deus. Por exemplo os padres, bispo e outros.